31 mar 2019
“Eu amo meus fãs gays e recebi muito apoio” diz Ava Max para a Windy City Times

A nova estrela pop Ava Max está dominando as paradas nos dias de hoje com sua música “Sweet but Psycho”.Ela já é comparada a Lady Gaga com o single e o vídeo que está no topo das paradas em mais de uma dúzia de países em todo o mundo. Antes do single produzido por Cirkut, ela cantou em faixas com David Guetta e Jason Derulo. Vindo de pais imigrantes, Max tinha um pouco de experiência musical com sua mãe sendo uma cantora de ópera, um pai que tocava piano e seus tios estavam em bandas. Ela está pronta para ser a próxima grande coisa com um álbum de estréia que ela gravou no último Natal. Seu último single “So Am I” diz aos ouvintes que tudo bem ser um desajuste, porque ela é uma também. Max falou sobre sua ascensão meteórica ao sucesso em seu quarto de hotel durante uma visita em Chicago.

Windy City Times: Você tem explodido no cenário musical nas últimas semanas.

Ava Max: Eu nem entendo o que está acontecendo.

WCT: É impressionante?

AM: É! Estou animado, mas é muito para absorver.

WCT: Você é de Milwaukee?

AM: Eu nasci em Milwaukee e cresci na Virgínia. Eu sou um pouco vira-lata.

WCT: Você tem pais albaneses? Há muitos cantores pop albaneses no momento.

AM: Sim. Bebe Rexha, Dua Lipa e Rita Ora. Aparentemente, as meninas albanesas estão assumindo!

WCT: Onde estão os caras?

AM: [risos] Eu não sei onde eles estão…

WCT: O que você diria às pessoas sobre você como artista?

AM:  Sou animada, assumidamente pop. O álbum que sai este ano segue as expectativas e conta com mais “Psychos“. Se você não está esperando por mais “Psychos”, então eu não sei. Sonoramente, continua a mesma coisa. A mensagem é muito forte, são canções pop emponderadoras. Haverá músicas que são um pouco mais emocionais. A maioria das canções são animadas, verdadeiros hinos pop. Todas elas representam algo. Eu não tenho uma música sobre festejar.

WCT: Os bares gays têm tocado muito sua música.

AM: Sim! Eu amo meus fãs gays e recebi muito apoio. Eu toquei em um clube gay chamado Redline em Los Angeles no Halloween e foi muito divertido. Acho que irei me apresentar na balada ‘G-A-Y’ em Londres.

WCT: Sua música explodiu na Europa. Quais são os desafios com os Estados Unidos?

AM: Eu não sabia o quão rápido isso iria decolar porque foi o primeiro na Suécia e foi o número um. Foi lançado no mesmo dia em todo o mundo. Primeiro foi grande na Europa, Suécia, Noruega e Finlândia. Agora está aumentando nos Estados Unidos e na Austrália. Eu me sinto globalmente, tem sido uma história de sucesso notável. As pessoas estão se relacionando com isso.

WCT: Você sempre quis ser cantora?

AM: Ah, sim, desde que eu tinha sete anos de idade.

WCT: Sua mãe é uma cantora de ópera?

AM: Sim, mas não profissionalmente. Ela é incrível. Ela é tão alta que ela pode quebrar vidro com sua voz.

WCT: Ela estava cantando pela casa?

AM: Ela me acordaria para a escola assim. Eu diria: “Mãe, eu não quero levantar” e ela cantava: “Você precisa se levantar!”.

WCT: Você gostou de musicais crescendo?

AM: Eu fiz realmente. Eu era a Sra. Claus na peça da escola. Foi muito engraçado. Meu musical favorito é o Fantasma da Ópera. Eu vi em LA.

WCT: Você tem um nome que você chama de seus fãs?

AM: Eles se chamam Avatars. Foi engraçado porque eu os chamei de Aviators, mas eles preferiam Avatars. Eu amo muito meus Avatars agora e eles amam o nome tão…

WCT: Ava é seu nome verdadeiro?

AM: Ava é meu nome do meio. Meu primeiro nome é Amanda. Amanda não me serviu. Eu não tenho sido Amanda desde que eu tinha 13 anos. Mudei meu nome legalmente então.

WCT: Você era uma grande fã do Tom’s Diner? Sua música com David Guetta “Let It Be Me” apresenta o exemplo dela.

AM: Claro. David Guetta e eu estávamos no estúdio quando o colocamos lá. Nós não precisamos adicioná-lo. A música já foi ótima, mas ele sugeriu que a adicionássemos. Eu amei a música, então pensei que era uma boa ideia.

WCT: Como foi trabalhar com ele?

AM: Ele é tão humilde, incrível e realista. Eu fiquei chocada no começo porque ele é uma lenda.

WCT: Vamos falar de cabelo.

AM: Isso é chamado de Max Cut. Eu pretendo mantê-lo por um longo tempo, bem, pelo menos, três álbuns. Eu não me sinto como eu mesmo com o mesmo corte de cabelo. Eu coloquei uma peruca no outro dia com os lados sendo ambos do mesmo comprimento. Apenas não parecia certo. Este sou eu agora!

WCT: O que te faz diferente de outras estrelas pop? Eu sei que você é muito comparada com a Lady Gaga.

AM: Todo mundo é tão individual. Eu acho que para mim, pessoalmente, eu definitivamente quero dar aos fãs uma experiência que não tenha sido feita antes. Estou animada para começar uma turnê e fazer algo fora da caixa.

WCT: Você tem dançarinos de apoio?

AM: Eu tenho e eles são incríveis.

WCT: Então os planos são para uma grande turnê?

AM: Enorme e vamos anunciar em breve.

WCT: Você está no caminho certo.

AM: Essa música está no caminho certo. Se isso não estivesse indo tão bem ao redor do mundo, então teríamos ido mais devagar. Eu não estou brincando com você, não estávamos esperando por isso!

WCT: Você já está em casa?

AM: Não. Estou viajando o ano todo. Minha agenda está completamente cheia. Eu moro em Los Angeles e quando volto, geralmente é um dia ou dois. É meio insano!

Fonte: Windy City Times
Tradução e Adaptação: Equipe Ava Max Brasil.

arquivado em:
Postado por Douglas • Post visualizado 169 vezes

anúncio
Nome: Ava Max Brasil URL: avamax.com.br Layout por: Althierri Contato: avamaxbr@gmail.com O Ava Max Brasil não tem vínculo nenhum com a cantora, muito menos com familiares e/ou empresários. Somos um site de fãs para fãs, sem fins lucrativos, com o intuito de trazer informações sobre a carreira da cantora.


Apoio:
Alguns direitos reservados © Ava Max Brasil • 2019 • Hosted by Flaunt
error: Caso queira algum dos nossos textos, envie um e-mail!